segunda-feira, 19 de abril de 2010

Ensaio das Coisas que não Entendo...


Do castanho dos teus olhos,
ao gosto da tua boca,
me perco em mistério.

Do cheiro do teu corpo,
ao calor do tua pele,
me encontro em teu colo.

O teu jeito, teu rosto,
teu riso tão bem me faz.
Até ouvir sua voz de anjo,
me traz uma estranha paz.

4 comentários:

  1. hum..... ta bonito assim....
    escrevendo novamente entao meu amigo.
    saudades do meu hero!!! rs...
    bjus..... e se cuida!!! vc é e sempre vai ser muito forte!! e vencerá todas as batalhas!!!

    ResponderExcluir